Dores do amor

por Ariádni Said Fernandes

Um coração partido por um amor não correspondido pode provocar tantos danos ao centro de dor do cérebro quanto uma ferida física real, afirma um estudo científico recente. Pesquisadores da Califórnia disseram que a angústia da rejeição é registrada na mesma parte do cérebro onde é percebida a dor física.

E agora, eu lhe pergunto, quantas vezes o seu coração já doeu e ninguém acreditou? Quantas vezes você já ouviu frases do tipo: “Quando casar sara!” ou “Parte pra outra e deixa de frescura?”

Muitas vezes a incompreensão alheia faz nossas feridas sangrarem ainda mais, e por isso nos fechamos em nosso mundo torcendo para que ninguém resolva invadi-lo.

Entretanto, isolar-se de tudo e de todos não resolverá nossos problemas, então se estiver passando por uma situação em que seu coração está doendo não fuja, vivencie-a! A dor também nos traz crescimento em muitos aspectos, inclusive nos ensina que não somos auto-suficientes.

Agora, se você conhece alguém que está passando por essa situação porque não lhe dar um pouquinho de compreensão e carinho; ouvindo e não criticando, entendendo e não sugerindo, acolhendo e não atacando… Que tal?