Psicoterapia Comportamental–Cognitiva

O termo psicoterapia abrange todos os métodos de tratamento psicológicos que procuram remover ou modificar sintomas existentes; corrigir padrões de comportamentos desadaptados e promover o desenvolvimento de uma personalidade saudável.

A Psicoterapia Comportamental–Cognitiva é uma técnica reeducativa e que foi desenvolvida, aprimorada e extensamente difundida na Europa e nos Estados Unidos nos últimos vinte anos e vem mostrando-se eficaz para tratar os estados de ansiedade e outros distúrbios psicológicos.

O pressuposto central da Teoria Comportamental é o de que um comportamento disfuncional foi aprendido e que pode ser desencadeado por sinais internos e externos associados a ele. A Terapia Comportamental auxilia o indivíduo a modificar a relação entre a situação que está criando dificuldade e a habitual reação emocional e comportamental que ele tem naquela circunstância, mediante a aprendizagem de uma nova modalidade de reação.

A Cognição é um termo amplo que se refere ao conteúdo dos pensamentos e aos processos envolvidos no ato de pensar. Assim, são aspectos da cognição as maneiras de perceber e processar as informações, os mecanismos e conteúdos de memórias e lembranças, estratégicas e atitudes na resolução de problemas.

A Terapia Cognitiva tem suas origens em correntes filosóficas e religiões antigas e baseia-se no pressuposto teórico de que os afetos e os comportamentos de um indivíduo são determinados em grande medida pelo seu modo de estruturar o mundo.

O que significa que a forma como o indivíduo vê o mundo, influencia sua maneira de pensar, sentir e agir.